Instituto Histórico e Geográfico da Vitória de Santo Antão

O Instituto Histórico e Geográfico da Vitória de Santo Antão, idealizado pelo doutor Djalma Raposo, na ocasião, promotor público desta cidade, foi fundado no dia 19 de novembro de 1950, por uma plêiade de trinta vitorienses. Tem o Instituto, como finalidade principal, “o estudo da História, da Geografia e ciências afins, no plano nacional, estadual e especialmente da Vitória de Santo Antão” (Art. 1°do estatuto).

Desde o inicio tem como sede o belo e espaçoso imóvel, localizado na rua Imperial, 187, construído, no ano de 1851, pelo doutor Joaquim Jorge dos Santos, promotor público da nossa comarca, que o alugou, logo em seguida, à câmara dos vereadores que nele instalou o “paço municipal”.

Em dezembro de 1859, por ocasião da visita da Família Imperial à nossa cidade, foi desocupado pela câmara e transformado em “Paço Imperial”, para alojar o Imperador Dom Pedro II, a Imperatriz Teresa Cristina e sua comitiva.  A  partir dessa data passou a ser conhecido como  “Casa do Imperador”. No decorrer dos anos seguintes, ele serviu para diversos fins: residência de senhores de engenhos e de comerciantes, educandário, posto de saúde e de higiene, sede do Tiro de Guerra e do Sport Club da Vitória. Até que afinal, em 1950, o velho solar passou a alojar o nosso Instituto Histórico e Geográfico.